• Please Wait . . .

Posted by : wagner elias 17 abril 2014


 Sabe aquele momento em que você empanca em uma página por causa de uma pose um pouco mais dinâmica do que você costuma desenhar, tipo as poses do homem aranha de Todd McFarlene? Pois bem... esse é um problema que pode ser resolvido facilmente com o uso de referências fotográficas.


  Eu lembro de um tempo em que meu orgulho não me permitia fazer uso de referências para desenhar pois um bom desenhista deve desenhar tudo de cabeça. Eu era mesmo idiota arrogante naquele tempo (pelo menos arrogante, deixei de ser). Mas a verdade é que as referências fotográficas são uma ferramenta extremamente útil e necessária para um bom desenhista, por melhor que ele seja. Pra falar a verdade são grandezas diretamente proporcionais, ou seja, quanto mais se usa referências, melhor será o desenho. Em suma, uma boa referência pode salvar a sua vida na hora de desenhar aquela garota de pernas cruzadas fazendo as unhas dos pés em um ângulo aéreo, mas também pode te dar muita dor de cabeça quando mal utilizada. Por isso a dica de hoje é sobre como evitar pósteros aborrecimentos subsequentes do uso equivocado desse inestimável recurso.

  1- Cuidado com a fonte
 Muitos quadrinhistas de sucesso já tiveram problemas com o uso de fotos profissionais em seus trabalhos. Veja o caso de Greg Land como exemplo:
Particularmente eu acho que ele apenas aplicou um thereshold do Photoshop e acrescentou alguns detalhes.

  Note que o cara não usa a fotografia apenas como referência, ele copia literalmente, mudando apenas alguns detalhes bem pequenos. Mas o problema maior reside no fato de as fotos usadas por ele serem, em sua maioria, de propriedade alheia. Esse hábito, não só do Greg como de outros artistas, já gerou algumas polêmicas e até processos judiciais como o caso de Mike Mayhew que copiou uma foto do rei Juan Carlos da Espanha para um desenho do Magneto:

  Devido a uma relevante quantidade de casos como este a Marvel enviou em 2006 a todos os seus artistas uma carta que alerta sobre o plágio e o uso imprudente de referências fotográficas. Esse trecho expressa bem o uso aceitável desse recurso:
"É apropriado usar fotos ou outros materias protegidos por direito de imagem para inspirar seus trabalhos como, por exemplo, se você precisar ver como é a arquitetura de New Orleans. Entretanto, o que não se pode fazer é copiar ou pegar tantos elementos de um trabalho protegido por direitos de imagem a ponto de você, efetivamente, copiar o mesmo.

Logo, não copie uma fotografia ou qualquer outra arte sobre a qual você não tenha os direitos. Os fotógrafos possuem os direitos de seus trabalhos (ou eles os vendem a alguma revista) e eles são protegidos por lei. O mesmo pode ser dito de uma pintura, escultura, impressão, etc.

Há uma linha muito tênue entre homenagem e cópia. Tenha certeza de que você está usando seus próprios elementos criativos. Uma pessoa que olha a sua obra e o material de referência vai pensar que um é derivado do outro. Se isso acontecer, você foi longe demais e copiou muito."

Esta tradução foi copiada de um fórum que disse ter como fone o MDM, mas não tenho certeza.

 Ou seja, evite usar fotos que não são suas e, caso use, tente não deixar isso visualmente explícito.

  2- Tempo é ouro
  Talvez você queira desenhar uma cena muito complicada e resolva que o melhor é pegar uma referência. O mais apropriado é tirar suas própria fotos, mas pegar imagens da internet não é proibido, desde que você não copie descaradamente. Até aí tudo bem, mas o problema maior surge quando você não consegue encontrar a imagem certa. Talvez a cena que você imaginou é tão específica que você não consegue defini-la claramente para o Google ou talvez seja tão absurda que não encontre em lugar algum. Nesse caso você corre o risco de perder muito tempo na busca por referência, o que não é nada bom pra quem tem pouco tempo. Pra evitar esse tipo de problema é bom ter um banco de dados pessoal. Lembre-se também que o google images não é o único mecanismo de busca disponível (nem o mais eficiente no que se refere a referências para quadrinhos). Eu recomendo o Deviant Art. Lá você pode fazer uma busca personalizada e encontrar muita coisa legal. Outro site bacana é o Pinterest, que tem um sistema de busca muito eficiente para quem procura esse tipo de material.
  3- Foco na arte
 Não esqueça que o seu desenho é exclusivamente SEU. Quem usa referências geralmente possui um traço menos estilizado e mais realista. Mesmo assim é sempre bom que você seja reconhecido pela sua arte, que seu desenho tenha uma identidade. Eu sou um adepto da referência fotográfica e acabei caindo nesse erro muitas vezes. Houve um tempo em que todo personagem que eu fazia tinha a minha cara, afinal eu usava minhas próprias fotos como base (ou seja, todos os personagens eram feios pra burro). Um bom exemplo (talvez o melhor) nesse quesito é Alex Ross. Apesar de usar referências, o cara mantem sua identidade a ponto de ser reconhecido facilmente em qualquer desenho.

  Mais uma vez menciono Greg Land como mal exemplo. Seus desenhos não possuem personalidade alguma a não ser que você considere o fato de todos os desenhos terem aspecto de fotografia convertida em preto e branco de alto contraste como uma individualidade do artista.
  Pra quem prefere um traço estilizado é bom tomar cuidado. Use referências apenas para a composição do desenho sem se ater muito a detalhes da foto.

  Pra encerrar vou listar alguns casos em que costumo usar referências:

Cenários


Evite copiar detalhes exclusivos da fotografia
como o público em volta da praça, pois não faz parte do cenário.


Anatomia animal


Alguns animais podem servir de base
para criação de monstros bem legais.

Poses muito complexas


Tenta desenhar isso sem referência meu fi.

Vestimenta exótica

Pelamor de Deus, não copie toda a tranqueira, apenas tome como base.


Bônus: Encontre boas referências fotográficas em:

Pinterest
http://www.pinterest.com/truvizionaries/dynamic-humane-action-poses/
http://www.pinterest.com/8fd/photo-references/
http://www.pinterest.com/reebi/movement/

Deviant Art
http://marcoribbe-de.deviantart.com/gallery/
http://crystalgraziano.deviantart.com/gallery/
http://comicreference.deviantart.com/

Photo Reference for Comic Artists
http://photo-reference-for-comic-artists.com/

Fica a dica: use referências fotográficas quando necessário, mas seja prudente e aja com boa fé.

{ 3 comentários... read them below or Comment }

Bem Vindo

Dracomics Shonen

Dracomics Shonen
Compre agora

Cellatrix

Cellatrix
Leia o novo oneshot do grupo Gibitales!

Leia

Parceiros

Quantas pessoas perderam tempo acessando essa página

Gostei

Seguidores

O que rola no Catarse

Muita gente viu isso aqui:

Tecnologia do Blogger.

- Copyright © Gibitales -Robotic Notes- Powered by Blogger - Designed by Johanes Djogan -