• Please Wait . . .

Posted by : wagner elias 01 novembro 2012

Olá criaturas.


Ontem foi Halloween e eu nem teria sacado se não fossem as postagens do LIVRODEROSTO. De qualquer forma isso não faz diferença pra mim a não ser pelo fato de que minha noite foi um pesadelo.
Mas já superei isso e hoje é um outro dia.
E eis que pela manhã percebi que um post que fiz no já mencionado livro das faces gerou uma certa polêmica. Trata-se da imagem abaixo, que faz parte de uma série de dicas que estou publicando.
Algumas pessoas entenderam errado ou discordaram do que falei, então vou aproveitar pra escrever aqui sobre um assunto que há tempos tenho vontade de falar: opinião crítica.



Imagina se eu resolvesse dizer algo tipo:


 Se eu publiquei algo devo esperar que alguns não gostem. Isso não significa que sou obrigado a aderir às críticas. Mas percebi que alguns discordaram porque não entenderam o texto. Isso me faz refletir se estou me expressando corretamente. É disso que estou falando. Se publico algo devo estar disposto a ouvir críticas e analisá-las de maneira racional, o que não me obriga a mudar minha opinião.
Mas como mencionei, percebi que alguns não compreenderam o que eu falei, portanto sinto a necessidade de explicar:
Alguns levaram a dica ao extremo oposto da situação, tipo: "sua opinião não importa, apenas a opinião do público é válida."
 Meu amigo, não foi isso que eu falei. Eu disse que você deve levar em conta a opinião pública, o que não te impede de fazer o que gosta ou de expor suas ideias. Não estou defendendo o capitalismo nem condenando a expressão artística. Não estou falando que o artista deve mudar suas ideias por conta da opinião alheia ou que você deve se moldar ao sistema para fazer sucesso. Não estou dizendo que a opinião dos outros prevalece sobre a sua. Não, definitivamente não foi isso o que eu disse.
Alguém chegou a mencionar que Steve Jobs não faz pesquisa de campo. ele cria o que sabe que o povo vai gostar.
Veja bem meu caro, a dica que gerou toda essa polêmica não é direcionada para pessoas como Steve Jobs. Se você for um gênio como ele, não vai precisar da opinião de ninguém. O cara criava e o povo aprovava. Mas isso não anula o fato de que ele se importava com o seu público. Além do mais, para chegar ao nível supersaiajobs o cara ouviu sim algumas críticas. Sem falar que nunca soube de alguém tão crítico quanto o pai da Aplle. Se ele fosse contra críticas não as faria.
Mas, vamos deixar Steve descansar em paz; como falei, minha dica não tem nada a ver com ele, mas sim com as pessoas que não sabem fazer, acham que sabem e mandam pro inferno os que discordam. O que falei direciona-se àqueles caras que se ofendem profundamente quando alguém diz: cara, não tá legal.
Vou exemplificar:
Outro dia visitando um grupo no CARADELIVRO Facebook me chamou a atenção um mangá com desenhos de qualidade elogiável. De fato, elogios não faltaram para a arte do cara, mas quando algumas pessoas começaram a ler perceberam que a história tinha muitos elementos de um mangá de sucesso da aclamada Jump. Tais pessoas passaram a tecer opiniões em forma de críticas construtivas e embasadas (claro que sempre tem os chamados trolls, mas esses nem se leva em conta) chegando a especular se aquilo não se tratava de um caso de plágio. O fato é que, ao ouvir as críticas e respondê-las indelicadamente, o autor da obra resolveu toda a questão mandando todo mundo se f...


Por outro lado vou mencionar um camarada que admiro muito. Autor do esquisito e pouco convencional Egoman, Rafa santos apostou em uma ideia completamente original e totalmente tosca sem ter a certeza de que daria certo. Lembro que quando me mostrou o projeto disse que seria apenas mais uma historinha sem pretenções, e olha no que deu: o cara está entre os primeiros desde sua estreia na Nanquim.
Apesar disso ele me ligou outro dia dizendo que viu umas críticas na net e que iria fazer alguns ajustes na história por conta disso.
Perceberam? O cara não vai mudar o conceito do Egoman, nem parar de expor ideias que ele acha importantes só porque alguém não gostou. Mas ele está disposto a fazer ajustes na narrativa, enquadramento, traço do desenho, a fim de melhorar sua forma de contar a história. Trata-se de puro aprendizado. É disso que estou falando. Por mais que você seja bom, sempre existe algo a melhorar. E pior, talvez você ainda seja um completo inexperiente mas não tem humildade suficiente para reconhecer. Talvez por ter ouvido apenas elogios durante sua vida da parte de pessoas que só querem te agradar sem se importar com seu futuro, você acha estranho e fica ofendido quando alguém diz que seu trabalho não é tão bom. A você eu repito: se não se importa com a opinião dos outros, não publique. Guarde na gaveta.
Ouça as críticas, analise-as, descarte as que não lhe servem e tente aprender com as boas opiniões. A opinião pública não pode influenciar o que você faz, mas como você faz.

E pra quem quer ver todas as dicas, em breve vou publicá-las aqui no blog.
Grande abraço e até o próximo post (em alguma época remota do futuro).

{ 3 comentários... read them below or Comment }

  1. Então, fui um dos que comentou no caralivro. Eu entendi sua ideia, mas fui levando pra outros lados, afinal, a discussão é expansiva e é bom levar cada vez mais longe para pensar sobre mais coisas, assim como você não se manteve totalmente focado na dica neste post. Mas confesso que entendi errado, pois a dica me pareceu mais sobre a comercialidade e o amplo público alvo que as obras devem ter, enquanto estava apenas falando do pessoal arrogante que não sabe argumentar ou ouvir críticas. "Polêmica" válida, já que a discussão foi boa, mesmo que não tenhamos ficado apenas na dica, já que ela é bem direta e nem precisa de tanta explanação.

    ResponderExcluir

Bem Vindo

Dracomics Shonen

Dracomics Shonen
Compre agora

Cellatrix

Cellatrix
Leia o novo oneshot do grupo Gibitales!

Leia

Parceiros

Quantas pessoas perderam tempo acessando essa página

Gostei

Seguidores

O que rola no Catarse

Muita gente viu isso aqui:

Tecnologia do Blogger.

- Copyright © Gibitales -Robotic Notes- Powered by Blogger - Designed by Johanes Djogan -